Como manter a arte respirando num país que sufoca artistas?

A arte brasileira respira pelos pulmões de artistas, técnicas e técnicos brasileiros. A existência de um depende da existência do outro.

Nos solidarizamos com artistas e técnica que estão arriscando suas vidas e de todes para não passar fome ou serem despejades de seus lares.

É fundamental a manutenção do isolamento social nesse momento de agravamento da pandemia, mas para os trabalhos que precisam inevitavelmente ser realizados presencialmente, reforçamos a importância das medidas de segurança. Infelizmente, devido à morosidade do poder público em dar as respostas necessárias para esse momento emergencial, muitas trabalhadoras e trabalhadores da arte, para manter o sustento de suas famílias, estão se vendo obrigados a se expor para dar conta desses trabalhos, como aqueles ligados à Lei Aldir Blanc. Portanto, mesmo com equipe reduzida, é FUNDAMENTAL que seja feito uso de EPI (atenção à eficácia das máscaras, bem como cuidados ao manusear e ao descartá-las) e que sejam tomados demais cuidados, como higienização de materiais, distanciamento e ventilação. É muito importante que se faça o teste de COVID antes das gravações para evitar que haja contágio entre a equipe. É importante que as produtoras assumam essa responsabilidade e financiem os testes e EPIs, para salvar vidas. Incentivamos também que os trabalhadores solicitem, reforcem, exijam os testes!

Apesar de todos os cuidados, devemos lembrar que a pandemia não acabou e que qualquer tipo de exposição em meios presenciais é um RISCO. Por isso é necessário dar prioridade máxima ao formato on-line para realização dos trabalhos.

Esse cenário é mais um exemplo do porquê o SATED/PR apoia as BOLSAS VIA DOAÇÃO CIVIL, que têm se mostrado como saída para uma melhor distribuição dos recursos emergenciais da Aldir Blanc, que precisam chegar de forma mais ampla, diversa, descentralizada e desburocratizada a mais fazedoras e fazedores da arte e da cultura.


Preservar nossa saúde é preservar nossa existência; preservar nossa existência é manter a arte e a cultura vivas.



#ARTERESISTE #CULTURAESSENCIAL #RESPIREMOSTODES #BOLSAJÁ #DOAÇÃO CIVIL